(011) 2227-9040


(011) 94326-0089

4 motivos para fazer a vasectomia

Segunda, 05 de março de 2018


4 motivos para fazer a vasectomia

Vasectomia é o procedimento cirúrgico realizado por urologistas e cirurgiões gerais que interrompe a circulação dos espermatozoides, tornando o homem estéril. Por falta de informações mais concretas, pacientes acabam com dúvidas sobre desempenho sexual, possibilidade de reversão e outras questões do pós-operatório.

Em contrapartida, devido a segurança, simplicidade e rapidez, tem se tornado a melhor forma de controle de natalidade e planejamento familiar, especialmente entre as pessoas mais esclarecidas. Separamos 4 motivos para você realizar a vasectomia, caso esteja em dúvida. Confira:

1º) Planejamento Familiar

Por lei, o procedimento só é realizado em homens a partir dos 25 anos, ou, pelo menos, com dois filhos vivos. Isso acontece porque, hoje em dia, o principal motivo da realização do procedimento é para controle do planejamento familiar.

Geralmente, o procedimento é realizado por famílias resolvidas e estáveis que não planejam mais filhos no futuro. Em resumo, um sujeito na casa dos 30 anos, bem casado e com filhos é um bom candidato para a realização de um procedimento contraceptivo definitivo. Mas há questões subjetivas que devem ser pensadas, como religião, por exemplo.

2º) Método contraceptivo seguro

Após o procedimento, o risco de gravidez da parceira é extremamente raro. Em alguns casos raros a regeneração ou religação natural dos canais cortados podem acontecer ou um vazamento de espermas é possível. Porém, a taxa de falha da cirurgia é de 1%, comparado a camisinha.

Outro fator de risco é a realização de atividades sexuais pouco tempo após a cirurgia. Regularmente, os espermatozoides não são mais presentes 90 dias após o procedimento. Além disso, o homem deve realizar um exame de espermograma 60 dias após a vasectomia para comprovar o sucesso da cirurgia.

3º) Cirurgia simples e confiável

O procedimento é extremamente simples, se for comparado com a laqueadura, cirurgia equivalente realizada nas mulheres.É feita uma incisão de 0,5 cm bilateral na bolsa escrotal,que dura cerca de 30 minutos. Realizada com anestesia local e eventualmente sedação, causando pouca dor e geralmente sem afastamento do trabalho.

Alguns homens têmdúvida sobre a chance de impotência sexual após a cirurgia, mas essa hipótese deve ser descartada, pois o procedimento é realizado na bolsa escrotal e não no pênis. Porém, alguns homens sofrem com ansiedade após o procedimento devido as dores, fato que pode atrapalhar a ereção.

4º) Possibilidade de reversão

Apesar de ser um procedimento contraceptivo definitivo, a Vasectomia pode ser revertida em alguns casos. A probabilidade de reversão do procedimento varia de acordo com o tempo desde a cirurgia, a situação imunológica do paciente e peculiaridades do campo cirurgico.

Está mais do que claro que a vasectomia é procedimento seguro, fácil e bastante eficaz. Caso tenha um maior interesse no procedimento, agende uma consulta com um de nossos urologistas e faça uma avaliação.

 

Voltar