(011) 2227-9040


(011) 94326-0089

Peelings químicos


Existem tipos de peelings:

- Peelings superficiais

- peelings médios

- Peelings profundos

Ante do tratamento o paciente será avaliado e dependendo da queixa o médico irá sugerir o melhor procedimento para cada tipo de pele.

Quais são os cuidados que devem ser tomados?
É importante evitar, imediatamente após o peeling químico, exposição demasiada ao sol, já que a nova pele é frágil e muito mais suscetível a ser danificada. Também deve-se evitar o uso de substâncias químicas como cremes depilatórios, perfume e tinturas nas áreas tratadas. Não deve-se remover a pele que começa a descamar pelo risco de cicatrizes ou manchas.

Quais são os tipos de Peelings Químicos?
- Resorcina: É um dos métodos mais indicados para eliminar manchas ou cicatrizes decorrentes da acne. Durante o tratamento não há nenhum tipo de incômodo com a aplicação da pasta feita com resorcina e a descamação da pele inicia-se depois de alguns dias.

- Ácido Retinóico: O tratamento feito com ácido retinóico pode ser aplicado em quase todos os tipos de pele. As sessões podem variar em até 10 para obter o resultado desejado.

- Jessner: É uma combinação feita com ácido salicílico, ácido lático e resorcina

- Ácido Glicólico: É utilizado como esfoliante da pele.

- Fenol: É feito a partir da fórmula de Baker e remove a queratose.

- Peelings Clareadores: Tem a intenção de clarear a pele sem descamação.


Qual o tempo de recuperação?
Normalmente são de sete a dez dias, mas o período depende da substância utilizada e do tipo de pele. Se a camada da pele for mais superficial, a descamação é mínima e o tempo é menor.

Atenção: Para pessoas que têm herpes simples, é muito importante manter os cuidados especiais a fim de evitar o ressurgimento de feridas durante o tratamento.

 

Voltar

Veja também