(011) 2227-9040


(011) 94326-0089

Incontinência Urinária por Esforço


A Incontinência Urinária atinge cerca de 10 milhões de brasileiros, principalmente os da terceira idade. A doença pode levar a constrangimentos e afetar a vida social dos pacientes, por influenciar na realização de ações básicas diárias, como espirrar, tossir, rir ou fazer qualquer outro tipo de esforço físico.

Durante essas ações é comum que os pacientes diagnosticados com a Incontinência Urinária por esforço sofram com o escape de urina. A doença é causada pela fraqueza do esfíncter urinário (músculo que controla o fluxo urinário da bexiga).

Nas mulheres essa fraqueza pode ser consequência de diferentes alterações anatômicas, como partos, cirurgias pélvicas ou transtornos durante a produção hormonal que ocorre na menopausa.

A incontinência urinária nos homens é menos frequente do que nas mulheres e pode ocorrer como consequência da remoção da próstata ou uma lesão da parte superior da uretra ou do colo da bexiga.

É de extrema importância que o paciente busque ajuda médica após notar algum sintoma. O diagnóstico ideal é primordial para identificar a causa da Incontinência Urinária por Esforço e o direcionamento do tratamento.

Atualmente, além da cirurgia, muitos médicos estão optando por outros tratamentos para a Incontinência Urinária por Esforço. Um deles, por exemplo, é a realização de exercícios que ajudam a reforçar a musculatura do assoalho pélvico. Além dele, a cirurgia de Sling sustenta a uretra a fim de que ela feche durante o esforço realizado pelo paciente, através da colocação de um suporte interno. A técnica está gerando ótimos resultados.

 

Voltar

Veja também